Começando a trabalhar com o Qt Creator e o QGIS

QtCreator é um novo IDE dos criadores da biblioteca Qt. Com o QtCreator você pode construir qualquer projeto C ++, mas é realmente otimizado para pessoas que trabalham com aplicativos baseados no Qt (4) (incluindo aplicativos móveis). Tudo o que eu descrevi abaixo assume que você está executando o Ubuntu 11.04 ‘Natty’.

Instalando Qt Creator

Essa parte é fácil:

sudo apt-get install qtcreator qtcreator-doc

Após a instalação, você deve encontrá-lo no menu do gnome.

Configurando seu projeto

Estou assumindo que você já tem um clone local do QGIS contendo o código-fonte, e instalou todas as dependências de compilação necessárias, etc. Há instruções detalhadas para: ref: acesso do git <git_access>e instalação de dependência´.

No meu sistema eu verifiquei o código em `` $HOME/dev/cpp/QGIS`` e o resto do artigo foi escrito assumindo que, você deve atualizar estes caminhos conforme apropriado para o seu sistema local.

Ao abrir o QtCreator:

Arquivo -> Abrir Arquivo ou Projeto*

Em seguida, use o diálogo de seleção de arquivo resultante para buscar e abrir este arquivo:

$HOME/dev/cpp/QGIS/CMakeLists.txt
../../../../_images/image01.jpeg

Em seguida, você será solicitado para um local de construção. Eu crio um diretório de criação específico para o Qt Creator trabalhar embaixo:

$HOME/dev/cpp/QGIS/build-master-qtcreator

É provavelmente uma boa ideia criar diretórios de compilação separados para diferentes ramificações se você puder arcar com o espaço em disco.

../../../../_images/image02.jpeg

Em seguida, você será perguntado se tem algumas opções de compilação do CMake para passar ao CMake. Vamos dizer ao CMake que queremos uma compilação de depuração, adicionando esta opção:

-DCMAKE_BUILD_TYPE=Debug
../../../../_images/image03.jpeg

Isso é o básico disso. Quando você concluir o Assistente, o QtCreator começará a varrer a árvore de origem para obter suporte ao preenchimento automático e realizar outras tarefas de manutenção em segundo plano. Queremos ajustar algumas coisas antes de começarmos a construir.

Configuração do seu ambiente de construção

Clique no ícone ‘Projects’ a esquerda na janela do QtCreator.

../../../../_images/image04.jpeg

Selecione a aba de configurações de construção (normalmente ativa por padrão).

../../../../_images/image05.jpeg

Agora queremos adicionar uma etapa de processo personalizada. Por quê? Como o QGIS atualmente só pode ser executado a partir de um diretório de instalação, não de seu diretório de compilação, precisamos garantir que ele seja instalado sempre que o construirmos. Em ‘Etapas de Compilação’, clique no botão de combinação ‘Adicionar BuildStep’ e escolha ‘Etapa de personalizar’.

../../../../_images/image06.jpeg

Agora vamos definir os seguintes detalhes:

Ativar etapa do processo personalizar: [yes]

Comando: make

Diretório de trabalho: $HOME/dev/cpp/QGIS/build-master-qtcreator

Argumentos de comando: install

../../../../_images/image07.jpeg

Você está quase pronto para construir. Apenas uma nota: o QtCreator precisará de permissões de gravação no prefixo de instalação. Por padrão (que eu estou usando aqui) o QGIS será instalado em ``/usr/local/ ``. Para os meus propósitos na minha máquina de desenvolvimento, eu apenas me dei permissões de gravação para o diretório /usr/local.

Para iniciar a construção, clique no ícone do grande martelo na parte inferior esquerda da janela.

../../../../_images/image08.jpeg

Configurando seu ambiente de execução

Como mencionado acima, não podemos executar o QGIS diretamente na compilação, então precisamos criar um alvo de execução customizado para dizer ao QtCreator para executar o QGIS a partir do diretório de instalação (no meu caso /usr/local/ `). Para fazer isso, retorne à tela de configuração dos projetos.

../../../../_images/image04.jpeg

Agora selecione a aba “Executar configurações”

../../../../_images/image09.jpeg

Precisamos atualizar as configurações de execução padrão usando a configuração de execução ‘qgis’ para usar uma configuração personalizada.

../../../../_images/image10.jpeg

Faça isso, clique no botão de combinação “Adicionar v” ao lado da combinação configuração de execução e escolha “Executável personalizado” no topo da lista.

../../../../_images/image11.jpeg

Agora, na área de propriedades, defina os seguintes detalhes:

Executável: /usr/local/bin/qgis

Argumentos:

Diretório de trabalho: $HOME

Executar no terminal: [não]

Depurador: C++ [sim]

Qml [não]

Em seguida, clique no botão “Renomear” e atribua ao seu executável personalizado um nome significativo. ‘Instalado QGIS’

../../../../_images/image12.jpeg

Executando e depurando

Agora você está pronto para executar e depurar o QGIS. Para definir um ponto de interrupção, basta abrir um arquivo de origem e clicar na coluna à esquerda.

../../../../_images/image14.jpeg

Agora inicie o QGIS sob o depurador, clicando no ícone com um bug no canto inferior esquerdo da janela.

../../../../_images/image13.jpeg